Acessibilidade

Equipe socioambiental do Prosamim realiza sensibilização no entorno da área da ETE no Educandos

MANAUS 17.01.19 – ASSISTENTES SOCIAIS DA SECRETARIA DA REGIAO METROPOLITANA DE MANAUS (SRMM) E DA UNIDADE GESTORA DE PROJETOS ESPECIAIS (UGPE) REALIZAM A SENSIBILIZAÇÃO NO ENTORNO DA AREA ONDE SERA CONSTRUIDA A ESTACAO DE TRATAMENTO DE ESGOTO DO EDUCANDOS.
FOTO:TIAGO CORREA_SRMM

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Região Metropolitana de Manaus (SRMM) e Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), realizou na manhã desta quinta-feira (17), no bairro do Educandos, zona sul, uma sensibilização para alertar os moradores sobre o início das obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). A ação foi conduzida pela equipe socioambiental do Programa social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim).

A sensibilização aconteceu nas ruas Manoel Urbano e Sá Peixoto, além do beco São Pedro, e um dos objetivos foi informar a população sobre a desratização realizada hoje à tarde na área da ETE, serviço que tem a intenção de impedir que roedores migrem para outros locais. “Entendo perfeitamente que todo esse processo que é realizado antes do início da obra, são coisas que acabam afetando o nosso cotidiano, mas que fazem parte, vou fechar bem a minha casa durante a desratização. Estou muito feliz com a implantação da ETE aqui no Educandos, há tempos eu sonhava com isso, sei que será bom para todos nós”, disse Erasmo Amazonas, morador.

ETE – Atualmente, o Educandos conta com uma Estação de Pré-Condicionamento (EPC) e o projeto de transformá-la em uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) faz parte do Prosamim III e estava engavetado desde 2003, quando o programa foi criado. O investimento é de R$ 36.539.433,08. A ETE está localizada no Educandos, mas vai beneficiar ainda os bairros do São Raimundo, Presidente Vargas, Colônia Oliveira Machado, Bethânia, Cachoeirinha, Praça 14 e Centro.

O tratamento realizado pela EPC é preliminar e remove o material sólido e flutuante do esgoto antes da chegada aos rios, já a ETE vai fazer um tratamento mais eficaz através de processos físicos, químicos e biológicos removendo as cargas poluentes do esgoto. “A ETE do Educandos é a etapa final do sistema de esgotamento sanitário da bacia do Igarapé do 40, onde grande parte da rede coletora foi construída pelo Prosamim e receberá todo o esgoto gerado pela população da área beneficiada para ser devidamente tratado, de modo a garantir qualidade de vida e saúde não só para a população do entorno, mas da cidade como um todo”, disse Carlos Henrique Lima, secretário da SRMM/ UGPE.

A ETE vai fazer o tratamento adequado do esgoto para evitar a poluição dos rios, uma vez que a água consumida pela população de Manaus é também captada por esse mesmo corpo hídrico, portanto, esse tratamento é baseada na legislação ambiental para minimizar os impactos ao meio ambiente.

Os trabalhos da obra serão realizados em horário comercial e a previsão é que a Estação de Tratamento de Esgoto do Prosamim seja entregue em fevereiro de 2020. “Estamos alegres com o início da obra da ETE porque sabemos que ela trará benefícios pra toda população e principalmente para o nosso meio ambiente”, comentou José Macedo de Figueiredo, morador do Educandos.

FOTOS: TIAGO CORRÊA