Acessibilidade

Governo do Estado inicia recuperação dos Parques do Prosamim

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria da Região Metropolitana (SRMM) e Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), deu início aos trabalhos de recuperação dos Parques Urbanos do Programa Social e Ambiental dos igarapés de Manaus (Prosamim). A revitalização ocorre em sete parques urbanos, que receberão serviços de recuperação e revitalização nas áreas de caminhada, quadras de esporte, quiosques de venda, banheiros, ciclovias, bancos, entre outras. O valor investido nas obras é de aproximadamente R$ 9,7 milhões, e o prazo de conclusão é de cinco meses.

Os trabalhos iniciais contemplam serviços de pintura, troca do gradeamento das quadras poliesportivas, serviços de jardinagem, reforma dos quiosques, recuperação dos guarda-corpos e troca de lâmpadas e postes de iluminação pública. O coordenador executivo da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), Marcellus Campêlo, afirma que é fundamental a reforma dos parques devido ao tempo de existência na cidade para que, em breve, sejam administrados pela Prefeitura de Manaus.

“A maioria dos parques já havia sido entregue há mais de dez anos. E para que possamos repassar a responsabilidade de manutenção desses parques para o poder público municipal (Prefeitura), é necessário entregarmos esses parques totalmente reformados”, explicou o coordenador executivo.

 

Os parques a serem reformados e revitalizados são: Parque Bittencourt, Parque Paulo Jacob e Parque Mestre Chico, todos na avenida Sete de Setembro, Centro; Parque Manaus II, na rua Japurá, bairro Praça 14; Parque Triângulo São Raimundo, na avenida Brasil, Compensa; e Parque Igarapé da Freira e Parque Linear Beira Rio I, ambos na rua Marginal do 40, bairro Japiim.

Geração de emprego – O contrato de recuperação dos parques do Prosamim ocasionou a contratação de profissionais para atuarem nas frentes de obras distribuídas nos parques urbanos localizados nas zona sul e centro-sul, gerando mais de 120 empregos diretos e indiretos. “A reforma dos Parques traz outro impacto positivo, que é a geração de emprego. Estamos com mais de 70 operários atuando nas frentes de obra, e isso ajuda a aquecer o setor e a economia local”, explicou o subcoordenador de engenharia da UGPE, engenheiro civil João Benaion.

Melhorias – A dona de casa, Rute Mourão, 42, mora próximo ao parque urbano Mestre Chico, e afirma que o local foi se deteriorando pouco a pouco. Ela vê a reforma como solução de resgate do espaço.

“Quando entregaram o parque era a coisa mais linda, mas, com o passar do tempo, o espaço foi se deteriorando pela falta de manutenção e, por fim, quando roubaram as fiações da iluminação pública. Mas agora creio que isso vai mudar e vai trazer um novo visual para onde moramos”.

Novo Parque – O mais novo parque urbano que será entregue pelo Governo do Estado é o Parque Afluente Mestre Chico, que fica localizado entre a avenida Duque de Caxias e o Parque Residencial Mestre Chico, no bairro Cachoeirinha, zona sul. O Parque tem previsão de entrega no segundo semestre de 2019 e revitalizou uma área poluída do Igarapé Mestre Chico.

 

FOTOS: Tiago Corrêa/UGPE

Mais informações: Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Manaus (SRMM) e Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE): Geral (3878-7252 e 3878-7230), Alessandro Bandeira (99119-5792) e Tiago Corrêa (98249-0635)